Assine

Aprenda a preparar grandes produções para um jantar incrível com uma única panela

publicado em 02 de de agosto 2017 por Evelyn Cristine | comentar

Texto Rita Santander | Foto Marcelo Resende | Adaptação Web Evelyn Cristine

Quem disse que é preciso grandes produções para um jantar incrível? Te ensinamos como preparar pratos deliciosos usando uma única panela e, de quebra, damos dicas de como escolher o modelo ideal para seus pratos. Confira!

Aprenda a preparar grandes produções para um jantar incrível com uma única panela

Aprenda a preparar grandes produções para um jantar incrível com uma única panela

Além de muito prático, preparar um prato principal em uma única panela faz com que os ingredientes misturem os sabores; caldos, legumes, temperos e especiarias dão origem a uma refeição única e com muito sabor. Isso, claro, sem contar o fato de acumular menos bagunça na cozinha.

Revestimento certo

Na hora de escolher a panela certa, contudo, é necessário tomar alguns cuidados, uma vez que há materiais que podem ser prejudiciais à saúde. Segundo uma pesquisa realizada na Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), da USP, alimentos preparados em panelas de alumínio e aço inox podem absorver metais durante o cozimento e afetar a saúde humana. Na maioria dos utensílios desse material, é aplicada, na própria indústria, uma camada de produto que limita a dissolução do alumínio nos alimentos, mas o uso constante acaba desfazendo essa proteção. Os pesquisadores da USP recomendam ferver água na panela até deixar o fundo fosco, o que a deixa até seis vezes mais segura contra contaminação.

Já a queridinha da cozinha, a panela antiaderente, é a mais usada por não deixar os alimentos grudarem no fundo e dispensar o uso de óleos, produzindo pratos mais saudáveis e magros. Contudo, a falta de cuidado com o material que reveste esse tipo de panela também pode trazer riscos. Portanto, para evitar que o antiaderente se desprenda e se misture aos alimentos, utilize colheres de pau, plástico ou silicone.

Pratos únicos

A wok, muito usada na China e Tailândia, é uma frigideira redonda com laterais mais altas e arredondadas e um fundo proporcionalmente menor que o das frigideiras tradicionais. Esse formato permite que o calor seja mais bem distribuído por todo o interior do utensílio, cozinhando os alimentos por igual de uma só vez. Por esse motivo, é bastante comum para o preparo de pratos únicos, como yakissoba ou o macarrão. “Por causa do formato circular e aberto, essa panela permite que o líquido evapore rápido. Ela é ideal também para refogar alimentos”, explica Vanessa Nunes, produtora de conteúdo de gastronomia.

Outra utilidade interessante da wok é o cozimento a vapor, técnica que ajuda a manter as propriedades dos alimentos. “Usamos cestas de bambu, que podem ser encontradas em lojas especializadas em culinária oriental, e suportes para cozinhar a vapor sobre a panela wok, que deve estar cheia de água fervente.

Técnica e mais sabor

Após fritar carnes nos temperos, normalmente o alimento gruda no fundo da panela. Para aproveitar tudo o que as preparações podem oferecer, é possível usar o processo de deglaçagem, que consiste em dissolver o que está preso na panela com algum líquido, como caldos ou bebidas alcoólicas. Com isso, os resíduos de sabor desprendem e se misturam ao líquido, dando origem a molhos deliciosos que podem ser usados sobre a própria carne que deu lhes origem ou para compor novos pratos. “Deglaçar é encorpar e aproveitar todos os sabores que ficam no fundo da panela ou assadeira”, explica o chef Stefano Bruzzone, do Stefano Hotel e Restaurante (SP).

É possível usar como reagente bebidas ácidas, como suco de laranja ou limão, e, segundo Bruzzone, assadeiras nas quais restaram a crosta dos alimentos assados também podem ser deglaçadas.

Leia mais:
Aprenda a preparar receitas surpreendentes que você nem imagina que podem ser feitas na panela de pressão

Revista Dieta Já! Ed. 258

Quer receber a nossa revista em casa?
Assine agora e ganhe 6 meses grátis de outro título.

comente!