Assine

Com a proximidade dos 40 anos, leitora decide eliminar 40 kg para ganhar mais disposição

publicado em 14 de de julho 2017 por Evelyn Cristine | comentar

Texto Rita Santander | Adaptação Web Evelyn Cristine

Com a proximidade dos 40 anos, Vanessa colocou como meta que não queria mais estar acima do peso. Ela mudou toda a sua rotina a fim de eliminar 40 kg e ganhar mais disposição para exercer a profissão e também para curtir a família. Conheça essa história de sucesso e inspire-se! 😉

Com a proximidade dos 40 anos, leitora decide eliminar 40 kg para ganhar mais disposição

Com a proximidade dos 40 anos, leitora decide eliminar 40 kg para ganhar mais disposição

Vanessa Furstenberger é educadora física há 20 anos. Mesmo com sobrepeso, ministrava aulas em academias, esbanjando simpatia, e conta que isso era a forma de compensar o fato de não ter o corpo sarado que muitas professoras tinham na época.

Mesmo sendo profissional do esporte, durante anos sofreu para manter o peso ideal. “Sempre gostei de comer, e comia muito, por isso, mesmo fazendo exercícios, ganhava peso. Cheguei a pesar quase 100 kg”, confessa Vanessa, que afirma gostar muito da profissão que escolheu, portanto, não queria deixá- la por causa do peso. “Com a proximidade dos 40 anos, o peso passou a me preocupar, pois sabia que seria difícil competir com as demais profissionais, e isso podia comprometer minha carreira, além da saúde”, completa.

Leia também:
3 dicas para ficar magra e saudável após os 30 anos
Como acelerar o metabolismo depois dos 30 anos

Em 2009, aos 35 anos, a profissional começou a praticar corrida ao preparar uma aluna para a modalidade. Foi nesse período que Vanessa realmente enxergou o quão fora do peso estava, ao sentir dificuldade para correr e completar os trechos que propunha para sua aluna. “Não desisti e comecei a mudar a minha cabeça, para me alimentar corretamente”, ressalta.

Com auxílio de nutricionista e a paixão pela corrida, Vanessa começou uma reeducação alimentar aos 38 anos, aliada a corrida e musculação leve; em um ano atingiu um percentual de 15,5% de gordura corporal, chegando ao objetivo de eliminar 40 kg. “E já mantenho esse peso há três anos, com dedicação e muito feliz com os resultados”, comemora.

Com o emagrecimento vieram ainda outras vitórias, essas premiadas com medalhas: Vanessa conseguiu cinco pódios em provas de corridas no asfalto, com obstáculo, por categoria, e foi duas vezes medalhista na sua categoria predileta: montanha. 😉

Autoestima lá em cima

Com a proximidade dos 40 anos, leitora decide eliminar 40 kg para ganhar mais disposição

Com a proximidade dos 40 anos, leitora decide eliminar 40 kg para ganhar mais disposição

“Não sei ao certo com quantos quilos estava quando decidi emagrecer, pois não me pesava mais. Usava só roupa de ginástica, porque elas não apertam, e não queria mais sair de casa, de tão pesada que estava. Também não queria mais tirar fotos”, comenta Vanessa.

O peso era realmente um fator de risco também para a autoestima da educadora, que afirma que, com o emagrecimento, até a relação com o marido, com quem é casada há 26 anos, melhorou. Além disso, as alunas jovens passaram a procurar Vanessa como personal e desejaram ter seu corpo. “Algumas alunas criaram uma hashtag que indica que desejam ter o meu bumbum”, orgulha-se e ri Vanessa, que conta que, para combater a flacidez, não quer saber de procedimentos cirúrgicos. O excedente de pele ela cuida com muita malhação. “Não acho necessário passar por cirurgia”, atesta.

Inspiração

Além de coach de corrida, a profissional é pioneira no Brasil em street workout, treino de rua que usa o peso do próprio corpo para executar os exercícios. No segmento de corrida, tem um grupo especializado, o Run & Life, que desde 2013 une mais de 70 corredores amadores de perfis diversificados. “O treinamento é integrado em um grupo, mas cada aluno segue um treino específico, recebendo suporte individualizado de acordo com seus objetivos pessoais e características biomecânicas, obtendo assim resultados notáveis”, explica Vanessa. A dica da profissional é não se importar com o peso da balança, porque ela engana no número. “A balança pesa músculo, osso, gordura, tudo junto. E o importante é se sentir bem. Eu mesma cheguei aos 58 kg e não gostei do resultado. Agora peso 60 kg, com um percentual de massa magra que me deixa feliz comigo mesma”, finaliza.

Medidas de Vanessa:

Antes: 98 kg
Manequim: 46

Depois: 58 kg
Manequim: 36

Veja também:
Corridas em lugares incríveis ao redor do mundo para você participar ou assistir na próxima viagem
Exames femininos que precisam ser realizados de acordo com cada faixa etária

Revista Dieta Já! Ed. 259

Quer receber a nossa revista em casa?
Assine agora e ganhe 6 meses grátis de outro título.

comente!