Assine

Conheça a dieta da mulher francesa

publicado em 07 de de agosto 2017 por Evelyn Cristine | comentar

Texto Rita Santander | Adaptação Web Evelyn Cristine

Com uma dieta sem muitas restrições, baseada em pequenas porções saudáveis e refeições apreciadas com tranquilidade, as francesas mantêm um corpo lindo e a saúde em alta. O suflê, tradicional prato da culinária do país, é um dos destaques do cardápio. Conheça a dieta da mulher francesa!

Conheça a dieta da mulher francesa

Conheça a dieta da mulher francesa

O livro Mulheres Francesas não Engordam (Companhia das Letras), escrito por Mireille Guiliano, virou um best-seller pelo mundo, porque todas as mulheres desejam saber como as francesas mantêm a barriga chapada e a cintura fina vivendo em um país com tantas tentações culinárias, como os queijos, vinhos e alimentos amanteigados. O segredo, conta a autora, é muito simples: as francesas comem com a cabeça. É isso mesmo. Elas comem de tudo com moderação e não saem da mesa se sentindo culpadas. “Equilíbrio é um conceito importante, porque, embora nossos corpos sejam máquinas, não existem dois exatamente iguais; e eles se transformam repetidamente ao longo de nossas vidas” afirma Mireille, que propõe como meta adaptar a alimentação àquilo que funciona individualmente, sem restringir o que dá prazer, como chocolate, champagne ou vinho.

A ideia aqui é adaptar a dieta de acordo com o paladar, atribuindo “recompensas” pela disciplina, o que ajudará a manter a motivação, em especial na fase inicial de transformação dos hábitos que levarão ao emagrecimento. “Escolher o que é importante para você é o segredo da mulher francesa”, aponta a autora.

Vivendo na pele

Conheça a dieta da mulher francesa Luciana Moraes Ferreira, autora do blog A Vida Francesa

Conheça a dieta da mulher francesa
Luciana Moraes Ferreira, autora do blog A Vida Francesa

Há dez anos a intérprete e autora do blog A Vida Francesa, Luciana Moraes Ferreira, vive na cidade de Vendée, na costa oeste da França, e conta que, desde a adolescência, sofria com o efeito sanfona, mesmo com incansáveis regimes e ginástica. Porém, adaptar-se à forma como os franceses cozinham e se comportam à mesa a fez perder medidas, incluindo na região abdominal, a temida barriguinha.

Assim como recomenda a autora Mireille, Luciana não se priva dos alimentos, mas mantém seus 60 kg e a saúde da família cozinhando à francesa. “Eles praticamente não fritam os alimentos, e até empanados fazem no forno. A maior parte dos legumes é feita no vapor; peixe, em papelote; carne e até hambúrguer são feitos sem gordura nenhuma.”

Momento sagrado

Para as francesas, comer é um ritual. Mesmo no dia a dia, os hábitos culturais se refletem em refeições feitas calmamente, consumindo primeiro a entrada, composta por legumes e saladas, depois o prato principal, com proteína de carne, frango ou peixe, além de legumes ou arroz, ou ainda uma massa, desde que não conste na entrada. Francesas não abrem mão da sobremesa e fecham com um pedaço de queijo ou iogurte. “Parece muito, mas na verdade tudo é servido em pequenas quantidades, e raramente há repetição das porções”, comenta Luciana.

De acordo com Mireille, algumas atitudes devem fazer parte do ritual de comer: “Não assista à televisão nem leia. Pense apenas no que está comendo, engolindo e saboreando cada pedaço”. Segundo ela, essas atitudes resultam ainda em uma melhora do humor e bem-estar, o que faz que o corpo tenha menos necessidade de sal ou açúcar, ingredientes que consumimos por estresse.

Nas últimas décadas, houve um aumento contínuo no tamanho das porções de alimentos na mesa. Na contramão, contudo, estão as francesas, que consomem todos os tipos de alimentos, inclusive carboidratos e gorduras, que sempre são os vilões da dieta, e não engordam, porque isso está relacionado ao tamanho da porção. “Saber qual o tamanho certo de uma porção de alimentos é importante no processo de emagrecimento e manutenção de peso”, afirma a nutricionista Ana Paula Gerin Fanhani, coordenadora do Curso de Nutrição da UniCesumar (SP).

A dieta das francesas prioriza itens frescos e aproveita as fases do ano com os melhores produtos de cada estação. Vão à feira em vez dos hipermercados, mesmo para comprar ovos, pães, frangos e peixes. “Os franceses têm o habito de ir à feira, comprar os alimentos frescos da semana, e os produtos sem conservantes são cada vez mais procurados. Perto de onde moro, por exemplo, há fazendas onde colhemos frutas, legumes e verduras a preços menores que no mercado”, conta Luciana.

Trabalhando o corpo

Os exercícios também fazem parte da rotina francesa. A maioria da população se dedica a uma atividade frequente, porém, diferentemente das brasileiras, as mulheres da França não vão à academia, o que, por sinal, se vê muito pouco no país. A rotina das francesas inclui esportes que ajudem a espairecer após o trabalho, para encontrar amigos ou para ter uma atividade em comum com o marido. “Isso sem contar que eles se deslocam bastante a pé e dão preferência para bicicleta ao invés do carro no dia a dia”, oberva Luciana. 😉

Revista Dieta Já! Ed. 254
Revista Dieta Já! - Oficial

Revista Dieta Já! – Oficial

comente!