Assine

Dieta da Beyoncé: saiba mais sobre a dieta dos 22 dias adotada pela cantora

publicado em 17 de de setembro 2015 por Kelly Miyazato | comentar

Por Márcio Gomes | Foto Shutterstock | Divulgação | Adaptação Kelly Miyazato

Dieta da Beyoncé: saiba mais sobre a dieta dos 22 dias adotada pela cantora

Dieta da Beyoncé: saiba mais sobre a dieta dos 22 dias adotada pela cantora

A cantora Beyoncé causou um verdadeiro alvoroço ao surgir com seu vestido Givenchy transparente em pleno baile de gala do Metropolitan Musuem (MET), em Nova Iorque, este ano. O motivo dos comentários que tomaram conta da imprensa e das redes sociais do mundo inteiro foram as curvas perfeitas da norte-americana. O sucesso da silhueta foi alcançado através de uma dieta vegana batizada de 22 Days Nutrition (Dieta dos 22 Dias), criada pelo fisiologista Marco Borges. O programa consiste em cortar totalmente a carne, bebidas alcoólicas, alimentos processados e laticínios. “O cardápio é composto por 80% de carboidratos, 10% de gordura e 10% de proteínas. Na dieta, as carnes foram substituídas pelas proteínas de origem vegetal”, explica Andréia Silva, nutricionista e especializada em nutrição clínica (SP).

Fique por dentro da Dieta da Beyoncé

Fique por dentro da Dieta da Beyoncé

  • Magra e saudável

Seguindo à risca o programa, é possível perder até 10 quilos (isso mesmo!). “Quanto mais restritiva mais peso será perdido no período”, diz Antonio Carlos do Nascimento, endocrinologista e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Andréia complementa: “Se for praticar alguma atividade física nesse período, o indicado é fazer exercícios mais leves, como a caminhada.”

Apesar de a Dieta dos 22 Dias não ser a sua filosofia, que é o prazer pela individualidade bioquímica do paciente, Andrea Santa Rosa Garcia, membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e responsável por manter em forma celebridades como Angélica, Giovanna Ewbank, Fernanda Paes Leme e Firorella Mattheis, conta que a não ingestão de alguns alimentos ajuda no processo de desintoxicação. “A exclusão de alimentos de origem animal, glúten, derivados do leite de vaca e soja possibilitam ao organismo se desintoxicar. Esse formato de alimentação tem como objetivo a limpeza, a perda de peso acontece como consequência”, afirma.

Mesmo que por poucos dias, segundo Nascimento, quase todos estão liberados para fazer uso do programa. “Salvo os pacientes diabéticos, para os quais oscilações extremas no número de calorias ingeridas podem resultar em consequências danosas”, alerta.

Questionada se o programa pode ou não ser seguida por mais de 22 dias, Andréia Silva aconselha a procura por um especialista. “É preciso ter o acompanhamento de um especialista para saber se futuramente ela não vai adquirir uma carência de vitamina B12 e creatina”, esclarece.

  • Com identidade própria

Por ser uma dieta bem restrita no número de calorias, as fontes de fibras ajudam no processo de saciedade do organismo. “Já os 10% de proteínas são em grande parte aminoácidos essenciais (que nós não somos capazes de sintetizar, necessitando ingeri-los), de origem vegetal como a soja e a berinjela”, explica o endocrinologista.

Já os carboidratos, base da dieta, devem ser ingeridos na forma integral. “Eles obrigam o aparelho gastrointestinal a ter muito trabalho para absorvê-los, evitando os grandes picos de insulina. E, com isso, o sinal da fome é reduzido”, comenta Nascimento.

Apesar de todos os benefícios alcançados, é preciso ter atenção com essa redução dos alimentos na Dieta dos 22 Dias. “É importante lembrar que toda dieta restritiva emagrece, mas se a pessoa não manter uma alimentação saudável, após o término do programa, ela vai recuperar o peso perdido muito mais rápido”, finaliza Andréia.

*Clique aqui e o cardápio da dieta da cantora Beyoncé.

*Clique aqui e descubra quais são os alimentos que podem substituir a carne na dieta dos 22 dias.

*Cardápio, receitas e cálculos nutricionais elaborados por Andréia Silva, nutricionista especializada em nutrição clínica (SP).

 Revista Dieta Já | Ed. 245

comente!