Assine

Especialista comenta sobre treinar descalço

publicado em 02 de de março 2017 por Evelyn Cristine | comentar

Algo que está se tornando rotina em academias, muitas vezes por necessidade, é fazer alguns exercícios descalço. Na maioria das vezes, os tênis são acolchoados e apresentam um “salto” na sola; essa elevação nos calcanhares causa grande desequilíbrio no momento em que o corpo precisa da estabilidade dos calcanhares para executar exercícios com mais firmeza e segurança.

Especialista comenta sobre treinar descalço

Especialista comenta sobre treinar descalço

Especialista comenta sobre treinar descalço

Essa falta de estabilidade muitas vezes é a causa para muitos movimentos executados de maneira errada, limitando até a evolução de alguns alunos. Fazer exercícios sem a estabilidade adequada tende a ocasionar uma série de problemas que podem afetar desde as vértebras e articulações até os músculos. Como o tornozelo tem mobilidade limitada, o joelho sofre, sendo forçado a fazer movimentos para os quais não está preparado. Essa pode ser uma das possíveis causas para algumas lesões nessa região.

Ao fazer exercícios descalços – por exemplo, agachamento ou avanço –, a estabilidade do corpo é maior, resultando em movimento mais natural, seguro. Isso acontece pois, quando o pé está diretamente em contato com o chão, sem uso de tênis ou meias, a pessoa tem melhor percepção sensorial de onde está pisando, o que permite que os músculos trabalhem de maneira harmoniosa.

É importante frisar que não são todos os exercícios que é preciso fazer descalço; somente os de pressão de perna – por exemplo, agachamento, leg press, afundo, avanço, levantamento terra, stif, panturrilha. Fale com o seu professor e experimente! 😉

Revista Dieta Já! Ed. 259
Quer receber a nossa revista em casa?
Assine agora e ganhe 6 meses grátis de outro título.
comente!