BUSCAR!
bolos cenoura dia doces framboesa inverno massas receita
Saúde e Nutrição
 
COMPORTAMENTO
  Expulse a ansiedade
Nos momentos de inquietação, agonia ou aflição, a comida oferece alívio imediato. Mas essa válvula de escape pode atrapalhar a tão sonhada dieta de emagrecimento. Saiba domar sua angústia, para não aumentar o manequim. Feche a porta e deixe a ansiedade lá fora...

Na hora de submeter-se a uma dieta não pode faltar determinação. A esperança de arrasar com aquele biquíni e ficar de bem com o espelho estimula o pontapé inicial. Todas nós já sabemos de cor, embora nunca seja demais repetir que fracionar as refeições, abrir mão de doces e optar pelas versões light são hábitos essenciais para quem topar a tarefa de diminuir a silhueta. Tudo isso vale (e como vale!) se a cabeça colaborar.

Por outro lado, tudo pode estar irremediavelmente perdido se bater, de repente, uma ansiedade. O que é isso, afinal, de que todos falam e poucos explicam? Ansiedade é uma sensação de inquietação, um desejo veemente de alguma coisa, uma impaciência quase inexplicável que surge com ou sem motivo e geralmente "exige" uma compensação para nos devolver o sossego. "Estudos longos e profundos mostram que pessoas ansiosas costumam comer demais", sustenta o psiquiatra Alexandre Pinto de Azevedo, que integra o Grupo de Estudos do Comer Compulsivo e Obesidade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, de São Paulo.

Descontar a angústia em bombons e biscoitos recheados é comum e, segundo o especialista, há explicação para isso. "Doces e gorduras atingem regiões cerebrais causando um alívio imediato", diz. O problema é que essa impressão de prazer é efêmera. Assim, torna-se natural sair da linha com freqüência. Pronto: está claro como começa o fracasso da dieta do ansioso.

Descontrole. Qual é a causa?

"Estraguei tudo!", esse é o primeiro pensamento de cobrança que surge após o surto de ansiedade. Não tem jeito, o sentimento de falta de controle conduz imediatamente à culpa. E isso acaba gerando um círculo vicioso.

"A culpa provoca ansiedade, que leva à comida, que ocasiona a falta de controle, que gera culpa, que alimenta a ansiedade", exemplifica o psicólogo Marco Antonio De Tommaso, de São Paulo, credenciado pela Associação Brasileira para Estudo da Obesidade. Ele afirma que esse ciclo pode e deve ser interrompido questionando-se sua origem: formas errôneas de avaliar a realidade. E isso é fundamental para se obter sucesso na perda de peso.

O psiquiatra Alexandre Pinto de Azevedo acredita que o acompanhamento de um especialista é ideal nesse processo. "Identificar os causadores da ansiedade e aprender a lidar com eles é o primeiro passo", garante o médico. Ele também julga importante este trabalho porque recorrer à comida é uma válvula de escape que nem sempre está ao alcance de todos o tempo todo. "Se a pessoa não tem delícias por perto, ela pode ficar descontrolada e trazer prejuízos ao ambiente familiar e profissional", alerta.

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | 4 | Próxima >>
Emagrecimento :: ed 109
Programa de emergência: acredite na sua força para emagrecer de vez!
Saúde :: ed 199 - 2011
Corpo durinho e 7 kg a menos! em apenas 21 dias
Emagrecimento :: ed 206 - 2012
Perca peso de uma vez por todas
Notícias :: 07/08/12
Aprenda a fazer um delicioso estrogonofe de legumes
Notícias :: 07/08/12
Corpo de volta depois da Gravidez
Saúde e Nutrição :: ed 210 - 2012
Operação corpo de volta depois da gravidez
Edição 210 | EXPEDIENTE

BUSCAR!

Faça já a sua assinatura!

Corpo a Corpo

A revista completa de beleza

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

Dieta Já!
Conquiste o corpo que semprequis.

Assine por 1 ano
9x de R$ 9,20
Assine!
Outras ofertas!

Molde & Cia

Exclusiva como você.

Assine por 1 ano
11x de R$ 9,27
Assine!
Outras ofertas!

Viva Saúde

Pra viver mais e melhor

Assine por 1 ano
10x de R$ 9,48
Assine!
Outras ofertas!

  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS