Assine

Troque a farinha de trigo pela de coco e enxugue até 2 kg por mês

publicado em 04 de de janeiro 2013 por Debora Moscardini | comentar

Por Michelle Freire | fotos Marcelo Resende | produção Janaína Resende

 

Preparada a partir da fruta mais popular do litoral brasileiro, ela tem o poder de regular o intestino preguiçoso e fazer aquela faxina no organismo, mandando embora as toxinas e até 2 kg por mês!

 

Ela tem tudo para ser a melhor amiga de quem está tentando emagrecer. Afinal, bastam algumas colheres da farinha de coco, obtida a partir da casca (ou mesocarpo) e da polpa da fruta, para o corpo provar o doce efeito queima-gordura. “A vantagem desse alimento é que ele contém uma grande quantidade de TCM, os chamados triglicerídeos de cadeia média, que, uma vez ingeridos, acabam forçando o organismo a utilizar o depósito de gordura já acumulado”, explica a nutricionista funcional Mariana Duro, da clínica Villa Vita, em São Paulo (SP). O resultado é aquele empurrãozinho que faltava para quem está precisando fazer as pazes com a balança.

 

Além de ser rica em TCMs, a farinha de coco também contém altas doses de fibras — outro ponto a favor do emagrecimento. “São 2,5 g de fibra para cada 10 g da farinha, o equivalente a uma colher (sopa)”, conta Livia Yumi Yokomizo, nutricionista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo (SP).Para você ter uma ideia do que isso significa, a maioria dos pães integrais vendidos no mercado possui cerca de 3 g de fibras para cada duas fatias.

 

Quando chegam ao estômago, elas absorvem a água e criam uma espécie de gel que vai promover aquela sensação de saciedade e, consequentemente, reduzir a fome.“Graças a esse alto teor de fibras, a farinha de coco auxilia na redução de peso e medidas e também no controle da glicemia e na redução do LDL, que é o colesterol ruim”, diz Lívia, lembrando que muitos desses benefícios ainda estão sendo estudados.

 

Receitas mais leves

Para consumir a farinha de coco, Mariana Duro diz que não há segredos. Tanto na versão preparada em casa quanto na comprada em lojas de produtos naturais, ela pode ser utilizada como substituta ou complemento da farinha de trigo. “É possível adicioná-la a receitas de pães, biscoitos, tortas e bolos e, como é levemente úmida, ela deixa as preparações menos pesadas e mais macias”, observa Mariana.
Outra dica da nutricionista é tê-la sempre a mão para polvilhar assadeiras na hora de preparar um prato que precisa ir ao forno. “Isso contribui para dar uma leve crocância à receita e é um jeito rápido e prático de usufruir de seus benefícios”, ensina Marina.

Além de auxiliar na queima da gordura e na luta para controlar a comilança, a farinha de coco também promove uma série de ajustes nas engrenagens do corpo. Se o incômodo é prisão de ventre, vale apostar nela para regular o intestino. “Nesse caso, a recomendação é, pela manhã, ingerir uma colher (sopa) associada a uma fruta, suco ou lácteo”, diz Lívia.

 

Afina a cintura

Caso a meta seja controlar a glicemia ou afinar a cintura, a dica da nutricionista é consumir o alimento antes do almoço ou do jantar, de preferência, nos lanches entre essas refeições.
“Com isso, é possível perder cerca de 2 kg em um mês, desde, é claro, que a farinha de coco seja incluída sem uma dieta equilibrada”, garante.

 

Faça em casa! Clique aqui e veja a receita de farinha de coco.

comente!