Assine

Você sabe pra que serve o treino funcional?

publicado em 05 de de junho 2017 por Evelyn Cristine | comentar

Você sabe realmente pra que serve o treino funcional? Conheça essa modalidade de atividade física, adapte-a para suas necessidades e usufrua de todos os benefícios que ela pode oferecer!

Você sabe pra que serve o treino funcional

Você sabe pra que serve o treino funcional

A dieta funcional ajuda a ter uma alimentação mais saudável, equilibrada, e isso promoverá a perda de peso. Porém, para obter resultados ainda mais consistentes, é importante que você adote também uma rotina de exercícios. Além de ajudar a emagrecer, as atividades físicas melhoram a saúde, o humor e previnem doenças. Isso sem falar que são fiéis aliadas nos combates à celulite, à flacidez e à gordura localizada.

Se você tem dúvidas sobre quais esportes praticar para dar um up nos resultados do plano alimentar, conheça o treino funcional. “Trata-se de uma modalidade fitness que tem sua fundamentação nos movimentos do dia a dia”, explica Ricardo Nahas, médico do esporte e coordenador do Centro de Medicina do Exercício e do Esporte do Hospital 9 de Julho (SP).

Sua prática envolve corridas curtas com agachamento, rolamento, flexões de braço em apoios instáveis, entre vários outros desafios. Diferentemente dos treinos clássicos, que desenvolvem isoladamente cada característica, essa prática toma como base movimentos habituais, trabalhando qualidades físicas básicas — tais como equilíbrio, coordenação motora, força, flexibilidade, resistência e velocidade — de forma conjunta.

O treino funcional pode ser feito por homens e mulheres de todas as faixas etárias. Mas Alejandro Ormeño, educador físico (PR), não recomenda a atividade para iniciantes. “Esse método não é muito indicado para sedentários, que devem se preparar com exercícios mais simples antes de se submeter ao treinamento.” Navas também lembra que essa modalidade exige o equilíbrio e a coordenação que um iniciante pode ainda não ter. E se você gosta de desafios, saiba que é importante passar por uma avaliação inicial médico-desportiva. “Ela vai servir não só para saber sobre sua saúde, mas também a respeito do seu estado funcional, como estão as proporções entre gordura e músculo, a capacidade aeróbica, a coordenação motora, o equilíbrio etc.”, diz o especialista.

Pode acontecer que seu médico lhe imponha restrições ao constatar doenças que o impeçam de praticar esse circuito, ou mesmo pelo seu estado funcional, o que exigirá um início mais leve e planejado, diminuindo o risco de lesões, especialmente entre obesos e cardiopatas.

Além dos benefícios que as atividades físicas regulares proporcionam, essa modalidade é diferente da malhação clássica de academia porque tem um nível de complexidade maior que a musculação, exigindo mais concentração do atleta.

Quer saber mais sobre treino funcional?
Então, corra já para as bancas ou garanta a revista Dieta Já! – Coleção Emagreça com Saúde Dieta Funcional pelo site!
comente!